Como Obrigar seu Site a Vender - Marketing4Nerds

#5em30 Webinário GRÁTIS

Como fazer #5em30 faturando pelo menos R$10 mil todo mês com poucos clientes e SEM dor de cabeça.
Assista e descubra o ERRO #1 dos iniciantes no Empreendedorismo Digital e o Caminho mais rápido para construir liberdade e viver seu propósito

Como Obrigar seu Site a Vender

Parte 1 de 3: É por ISTO que você não vende…

Já se foi o tempo que ter um site era suficiente para você conseguir fazer vendas pela internet.

Hoje, aquele site bonitinho cheio de efeitos, fotos passando de forma automática, o tradicional “Fale Conosco” e o manjado “Assine a nossa Newsletter” não está mais gerando vendas.

Se seu website não está fazendo dinheiro… como sair dessa?

Se você tem um site assim, sabe muito bem o que estou falando.

E se não tem… AINDA BEM! Está em tempo de você COMEÇAR DO JEITO CERTO.

No mundo onde as pessoas estão mais conectadas do que nunca, todas as empresas, das maiores multinacionais aos minúsculos produtores individuais…

Todos estão competindo pelo recurso mais escasso da atualidade: 

A ATENÇÃO das pessoas.

Ao mesmo tempo que estamos vendo uma verdadeira GUERRA de lives,  stories e uma TEMPESTADE de conteúdo gratuitos…  

…. também não é raro ouvir o povo reclamando que está cada vez mais DIFÍCIL conseguir aumentar as vendas.

Se você é como a grande maioria dos autônomos, empreendedores ou pequenos empresário do Brasil, provavelmente está “se virando nos trinta” com uma equipe ultra reduzida, ou com a velha EUquipe.

Assim vai ficar quase impossível passar o dia tentando prospectar e fechar vendas no Direct ou WhatsApp…

… quando ao mesmo tempo tem cuidar da estratégia e da operação da empresa, produção de conteúdos, pagar as contas e ainda cuidar da família e tirar uns momentos só pra você.

É muito STRESS!

Não é culpa sua ter acreditado nos gurus que te disseram para produzir uma TONELADA de conteúdo grátis nas redes sociais, afinal nós sabemos que isso te ajuda a se tornar mais conhecido.

Mas esta é só UMA parte da equação.

Pois se você não souber levar o seu potencial cliente da sua rede social para dar o PRÓXIMO PASSO, como você vai conseguir que ele compre de você?

Seu site se parece com isso? Cuidado!

E não adianta mandar ele visitar o seu site confuso e cheio de links que deixam ele totalmente perdido.

Uma pessoa confusa sempre diz não.

Se em poucos segundos ele não encontrar o que deseja, ele fecha a página e vai embora. E você NUNCA MAIS vai ter outra chance.

Talvez você não perceba, mas você não vende porque você não VENDE!

Eitcha…. agora deu um nó na sua cabeça?!

Deixa eu explicar melhor…

Cabe a VOCÊ, e não a seu cliente, direcionar cada passo nesse processo de vendas.

Não pense que simplesmente por assistir um conteúdo legal seu em uma Live, o seus clientes vão IMPLORAR para que você ofereça algo para eles comprarem.

Não é assim que funciona!

Você precisa “vender” cada etapa para ele.

Na prática, as PÁGINAS QUE VENDEM são a forma mais eficaz de se fazer isso na internet. 

Se a partir de agora, TUDO o que você fizer tiver relacionado a uma Página que Vende, suas chances de sucesso aumentam em 1000%.

Quando eu digo que “você não vende porque você não vende”, é porque provavelmente…

Você está falhando em GUIAR OS PRÓXIMOS PASSOS DO SEU CLIENTE no seu processo de vendas.

Ficou mais claro agora?

Na PARTE 2 eu vou te dar um exemplo REAL da bióloga baiana que há 15 anos trocou o estudo da genética humana pela cozinha no Japão…

… e em apenas 17 dias saiu do completo DESESPERO a um faturamento de 2,038,300 de Ienes, ou cerca de R$100.885 em valores atuais.

Parte 2 de 3: Do desespero aos 2 milhões em 17 dias

Vou te contar a história da Ana Yoshida, a bióloga baiana que mora no Japão há 20 anos, e trocou o estudo da genética humana pela cozinha.

Desde 2005 ela ensina brasileiras que moram no Japão a fazer as deliciosas receitas do Brasil adaptadas aos diferentes e de nomes complicados ingredientes do Japão.

Depois de centenas de alunos em cursos presenciais que percorreram diversas cidades japonesas, em 2018 Ana sentiu que devia “ir para internet com tudo”.

Seduzida como tantos outros pela ideia de faturar seus primeiros 6 ou 7 dígitos em tempo recorde, Ana se associou a uma empresa e investiu TUDO o que podia (o que NÃO podia) em sua primeira grande iniciativa online.

O tombo foi grande e esse passo maior que a perna CUSTOU MUITO CARO. 

Não se sabe se por picaretagem ou apenas pura incompetência da tal empresa, o resultado foi tão CATASTRÓFICO que ela precisou se desfazer do seu Ateliê, o espaço fixo na cidade de Tsu-shi, onde ocorria a maioria da suas aulas.

Praticamente sem dinheiro, Ana voltou à estaca zero e com o apoio do seu marido foi se reerguendo aos poucos fazendo vendas de alguns cursos online dentro de grupos Facebook.

Além de gravar e editar suas aulas, e dar um suporte incrível às suas queridas alunas, cada venda precisava passar por ela. 

Resultado, sua renda mensal média caiu em mais de 20 vezes 🙁

Num último suspiro de esperança, em meados de abril ela conseguiu uma nova parceria e trabalharam juntos na montagem do seu portal de alunos e na criação das suas Páginas que Vendem.

Em apenas 17 dias foi inaugurado o Fina Arte Ateliê de Culinária Online, quando 85 alunas satisfeitas adquiriram com 90% de desconto toda a sua coletânea com mais de 30 cursos, em uma promoção insana que agitou alguns grupos whatsapp criados apenas para este fim.

Novo Portal Fina Arte Ateliê de Culinária Online com mais de 30 cursos

Fim assim que ela fez o seu primeiro milhão, na verdade 2,038,300 de ienes, pouco mais de 100.887 reais.

Em menos de 3 semanas, Ana conseguiu um faturamento superior aos 12 meses anteriores, recuperou sua alegria e não está mais sozinha na sua missão de ajudar outras mulheres a serem felizes na cozinha.

Entendeu o impacto que uma boa ESTRATÉGIA, uma OFERTA IRRESISTÍVEL e das PÁGINAS QUE VENDEM certas podem gerar?

Se dependesse das vendas artesanais que ela vinha fazendo no Messenger, Whatsapp ou Direct ela jamais teria conseguido!

Como você pôde ver, não existe saída para conseguir vender em grandes quantidade sem criar suas ofertas e levar seu público até suas páginas que vendem.

E não estou falando apenas daquele tipo de página que tem um botão de compra.

Na verdade, conceitualmente a página que vende nem mesmo precisa ser uma página no seu site.

  • Um e-mail pode cumprir o papel de uma página que vende.
  • Um artigo publicado no seu LinkedIn.
  • A descrição de um vídeo no Youtube.
  • Uma postagem no seu Facebook ou Instagram.

Mude a sua cabeça e passe a encarar TUDO o que você deixa disponível na internet como uma PÁGINA QUE VENDE.

E você estará conceitualmente criando CLONES seus que estarão trabalhando para você 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem nunca pedir uma folga ou aumento de salário.

E é sobre isto que vamos conversar na parte 3…

Parte 3 de 3: Páginas que VENDEM

Nas partes 1 e 2 desta post conversamos sobre como gerar VENDAS a partir de uma boa ESTRATÉGIA, uma OFERTA IRRESISTÍVEL e das PÁGINAS QUE VENDEM.

A essa altura você já sabe que uma Página que Vende não é apenas aquela que tem um botão de compra.

Se você pretende oferecer um vídeo curso gratuito, a sua página está vendendo ação de cadastro

Em troca do seu conteúdo grátis, a pessoa deixa as informações de contato com você, e assim você pode estreitar o relacionamento e vender algo no futuro breve.

Se você é um consultor, coach, terapeuta, cartomante, se faz qualquer tipo de atendimento virtual ou presencial de forma individualizada…

… você levará essas pessoas a páginas que vendem a marcação de uma sessão gratuita com você.

E aí no 1 a 1 você se garante e fecha um pacote de serviços.

Empreendedor de Alto Valor: Um funil real de conteúdo + agendamento de conversa individual.

Para todos esses exemplos, sua vida seria muito mais SIMPLES se você tivesse páginas que vendem por você.

Acontece que criar páginas é algo que ATERRORIZA muita gente!

E não é para menos! 

Em geral, isso envolve uma parte técnica complicada até mesmo para pessoas que têm mais facilidade com tecnologia.

  • Montar um site, 
  • Registrar um domínio,
  • Contratar uma hospedagem,
  • Preparar o SSL,
  • Configurar DNS,
  • Editar uma página HTML,
  • Alterar folha de estilo CSS,
  • Instalar um WordPress,
  • Adicionar o Plugin,
  • Implementar o SEO…

Fala sério…. ISSO NÃO ACABA NUNCA??!!?

Não é para menos que tanta gente tem MEDO e desiste antes mesmo de começar!

O pior é que muitas vezes são profissionais maravilhosos que poderiam estar fazendo grandes transformações no mundo…

… mas que infelizmente foram BLOQUEADOS por um Tecniquês Infernal que ninguém merece.

Um tecniquês infernal para montar um site…

Uma pequena minoria recorre à alternativa de contratar um designer,  programador ou empresa que faça isso por elas.

O problema é que NÃO É FÁCIL encontrar profissionais que atendam na qualidade e velocidade que você precisa e dentro do custo que você pode pagar.

É uma pena que não seja raro ouvir a frase “eu até consegui um cara bom, mas ele é meio enrolado e volta e meia me deixa na mão” 🙁

Ainda tem mais: alguns programadores estão mais preocupados e usar a última tecnologia do momento, e falam de coisas complicadas como Angular, ReactJS, Ajax e JQuery… 

 … alguns  designers são ótimos, mas às vezes perdem mais tempo com a beleza do seu site, talvez isso sirva para inflar o seu próprio ego, do que em te entregar páginas simples, que carregam rápido e que CONVERTEM.

A dura verdade é que maioria absoluta dos programadores e designers que você encontrar NUNCA foram treinados em marketing, vendas e conversão. 

São raríssimos encontrar profissionais com experiência em desenvolver páginas que vendem. 

(Se você já encontrou um, não largue por nada desse mundo!)

Bem, talvez você seja daquelas pessoas mais safas, e que se aventuram a se virar sozinhos.

Neste caso, já deve ter sido obrigado a enfrentar o conhecido (e temido!) WordPress. 

Apesar de sua popularidade e suposta facilidade de uso, se o WordPress não for bem instalado e configurado pode se transformar num verdadeiro INFERNO da escolha de um tema que funcione,

  • plugins que brigam entre si, 
  • atualizações que fazem tudo parar de funcionar, 
  • além de ataques hackers que tomam o controle do seu site e fazem coisas que até o diabo duvida.

Quem consegue sobreviver a isso tudo é mesmo um verdadeiro HERÓI!

De uns anos para cá, tem surgido novas ferramentas com a intenção de diminuir o trabalho de construir sites e páginas.

Mas, se você já tentou experimentar algumas delas, às vezes parece que apenas os programadores que as construíram é que são capazes de operar, você concorda?

É tanta configuração…. tanta opção… tantas decisões a serem tomadas…. que qualquer um fica TOTALMENTE PERDIDO!

As ferramentas “tudo em um” do mercado são muitas vezes como um canhão para matar mosquito. Você paga CARO para usar o mínimo.

Uma das razões principais para elas serem tão complicadas, é porque tentam ABRAÇAR O MUNDO e se propõem a fazer coisas demais!

Se você está em busca de uma ferramenta TUDO em 1, saiba que existe 99% de chance de você pagar caro para não usar nem os 10% que você realmente precisa.

Principalmente para os iniciantes, fica muito pesado assumir uma mensalidade de 100, 200, 300 reais quando as sonhadas vendas todos os dias ainda não estão rolando. 

E você fecha um mês atrás do outro no NEGATIVO.

É como se você alugasse uma casa inteira de 5 suítes no AirBnB por 1 mês inteiro, com churrasqueira, piscina, sala de jogos e home theater, mas ficasse restrito a usar só o quartinho dos fundos.

É injusto e não faz o menor sentido!

O que as outras ferramentas apresentam como vantagem se tornam um verdadeiro p.e.s.a.d.e.l.o!

Enfim… depois de muita tentativa e erro e algum apoio do suporte, quem consegue montar uma página de um site ainda corre o sério risco de gerar uma combinação bem estranha.

Sabe quando você vai numa comida a quilo com muita fome, e termina misturando lasanha, feijoada e salada de brócolis?

É mais ou menos isso que acontece quando alguém que não tem formação em design passa horas e horas tentando harmonizar as cores e os componentes ideais para montar sua bela página.

É isso que pode acontecer com um site feito por alguém que não sabe o que fazer…

O resultado geralmente fica parecendo um Frankestein!

Poxa…. então será que não existe esperança para que eu mesmo consiga fazer as minhas Páginas que Vendem de um jeito legal?

Calma, existe SIM uma ótima alternativa para você não depender de mais ninguém!

O que você acha de experimentar uma ferramenta fácil de usar, 

  • que não tem quase nada para configurar, 
  • que gera páginas que vendem limpas, agradáveis e simples,
  • e que funcionam perfeitamente no celular, tablet e notebook do seu público?  

E mais, uma ferramenta que cabe no seu bolso, porque você só paga pelo que realmente precisa?

Se você gostou da ideia, conheça agora a ferramentas FÁCIL para quem não sabe construir páginas, mas que precisa vender pela internet.

Compartilhe

GOSTOU DO POST?

Acompanhe a Nova Série Gratuita: O 80/20 do Marketing Digital e Vendas

Clique no botão e entenda o ESSENCIAL Que Você Precisa Fazer Para Alcançar Resultados EXTRAORDINÁRIOS.

Serge Rehem
 

Sou analista de sistemas e fundador do Marketing4Nerds e Escola Bitcoins, apaixonado por aprender, praticar e disseminar conhecimentos de formas simples, objetiva, didática e sincera. Diferente de muitos "gurus" por aí, não acredito nem vendo o sonho de "ganhar dinheiro fácil até dormindo". Gosto ensinar coisas complicadas de um jeito simples, para que todo mundo entenda.